Bariloche

alt
 
San Carlos de Bariloche encontra-se na província de Rio Negro, na margem sul do Lago Nahuel Huapi, a 770 metros sobre o nível do mar. A cidade está rodeada por lagos, bosques e pela Cordilheira dos Andes.
Considerado um dos destinos mais charmosos da América do SulBariloche atrai milhares de visitantes anualmente, grande parte entre junho e setembro, quando a neve embeleza e predomina a paisagem da Patagônia Argentina.

Com uma invejável infra-estrutura, Bariloche oferece hotéis de todas as categorias, assim como uma rica variedade gastronômica, com destaque para a carne de carneiro, o fondue e a truta.
A paisagem urbana é peculiar: grande parte das construções são de pedras e madeiras. O lazer inclui apreciar as incríveis paisagens, ir a bons restaurantes e bares, conhecer artesanatos locais, comprar roupas de couro e saborear deliciosos chocolates artesanais.

Em Bariloche não existe mal tempo, na alta temporada o atrativo são as pistas de esqui, e no verão é possível praticar rafting, alpinismo, caminhada e pesca esportiva, mas o que torna Bariloche irresistível é a neve. Praticar esqui alpino, snowboard, percorrer trilhas em snowmobile, quadriciclo, caminhadas com raquetes pela neve, são algumas das inúmeras atrações da cidade. Opções não faltam em Bariloche, o difícil mesmo é escolher.

alt

.............................................................................................................................................................
» Centro Cívico
O Centro Cívico é o ponto de partida para recorrer às distintas opções que nos brindam a região. Com edifícios em estilo medieval, localizados em torno de uma pequena praça, considerada Monumento Histórico Nacional. Ali se encontram: a Prefeitura, a Secretaria Municipal de Turismo, a Polícia Local, o Museu da Patagônia e a Biblioteca Sarmiento, além dos famosos cães São Bernardo.

alt

Destaques
» Vista para o Lago Nahuel Huapi
» Praça
» Cães São Bernado
» Construções em pedra

alt

.............................................................................................................................................................
» Calle Mitre
A Calle Mitre é um passeio obrigatório, a rua é a mais transitada da cidade, pois reúne em poucas quadras uma grande quantidade de comércios, artesanatos em ferro, madeira, couro e cerâmica. Além das melhores cervejas artesanais, tabuas de defumados, fondue e o tradicional cordeiro patagônico.

Destaques
» Chocolateria Fenoglio
» Mamuska
» Lojas de artesanatos
.............................................................................................................................................................
» Museo de la Patagônia
Localizado no Centro Cívico, possui salas de Ciência Natural, Etnografia, Pré-história, História Regional e local. O Museu conta a história de Bariloche, artigos indígenas e exposições temporárias.

alt

Destaques
» Armas
» Aves patagônicas
.............................................................................................................................................................
» Circuito Chico
Este passeio se transformou em algo inevitável para quem pisa pela primeira vez em Bariloche. A beleza da paisagem está sempre presente no recorrido, na margem sul do lago Nahuel Huapi, em especial desde os miradores Bahia Lopez e no Ponto Panorâmico.Entre os atrativos que oferece esse singular recorrido, é possível contemplar o tradicional Hotel Llao-Llao, Puerto Pañuelo que é o porto mais importante de todo Lago Nahuel Huapi e a Capilla San Eduardo, cujos arredores presenteiam uma impressionante panorâmica do Cerro Tronador e do Cerro López. A Capela ainda conta em seu interior, com afrescos do famoso pintor Argentino Raúl Soldi.

alt

Destaques
» Hotel Llao-Llao
» Puerto Pañuelo
» Lago Nahuel Huapi
» Capilla San Eduardo
» Ponto Panorâmico
» Fábrica de Rosa Mosqueta

.............................................................................................................................................................
» Circuito Grande
Pela rota 237, contornando as margens do Río Limay se chega ao Anfiteatro, uma formação geológica sobre o rio. Logo depois de percorrer o Vale Encantado, onde há figuras rochosas que parecem que foram esculpidas por um artista. Chegando ao Mirador do Lago Traful, um imenso precipício de mais de 70 metros de altura.

Destaques
» Vale Encantado
» Anfiteatro
» Mirador do Lago Traful

.............................................................................................................................................................
» Cerro Campanário
A 17 quilômetros do centro de Bariloche se encontra o Cerro Campanário, a subida é feita por teleférico de cadeirinhas duplas, desde o mirador é possível perceber uma incrível vista, considerada umas das 7 vistas mais bonita do mundo.

alt

Destaques
» Vista panorâmica
» Vista do teleférico

alt

alt

.............................................................................................................................................................
» Piedras Blancas
Complexo invernal Piedras Blancas, localizado a 5 quilometrso do Centro Civico, possui pista de Ski Nórdico, o Refúgio Berghoff e o Museo Otto meiling.

Destaques
» As pistas de Trineo
» Sao Bernado
» Vista
.............................................................................................................................................................
» Cerro Otto
A 10 minutos do centro de Bariloche, tem como destaque uma confeitaria giratória no seu topo. Na calle Mitre e Villegas no centro de Bariloche, parte um ônibus gratuito até a estação inferior do teleférico.
As gôndolas panorâmicas levam até a ponta do Cerro Otto, onde se encontra a famosa confeitaria Giratória, que demora entre 20 e 40 minutos para dar uma volta completa. Única no país e também a Galeria de Arte em que se expõem três réplicas das obras do artista italiano Michelangelo.
Desde cima do Cerro Otto, a 1.400 metros de altura, se obtém uma extraordinária vista panorâmica dos atrativos mais charmosos que rodeiam a cidade: O lago Nahuel Huapi, os cerros Catedral, López e Capilla, o Lago Gutiérrez e o Valle del Chall Huaco.
Seus arredores são idéias para um passeio no bosque, não importa a estação do ano, na primeira e verão quando há diversos tons de verde, no outono quando o bosque fica com um tom avermelhado ou no inverno para apreciar a neve.

alt

Destaques
» Vista Panorâmica
» Confeitária Giratória
» Vista do Lago Nahuel Huapi
» Galeria de Arte

alt

.............................................................................................................................................................
» Cerro Viejo
Localizado próximo a cidade, se encontra o espetacular mirador panorâmico ao qual é possível subir através de um teleférico. Para descer há duas opções bem diferentes: caminhando, contemplando a natureza através do centenário bosque de arrayanes, até chegar o Museu da Montanha, ou descer de forma mais moderna: utilizando um prático e veloz tobogã.

alt

Destaques
» Vista panorâmica
» Topogã
» Bosque
.............................................................................................................................................................
» Cerro Leones
O Cerro Leones se encontra a 15 quilômetros de Bariloche. Se trata de um majestosas cavernas que foram habitadas há mai de oito mil anos. As cavernas propõem uma interessante experiência para os visitantes, em seu interior há uma pequena lagoa e pintura rupestres.

alt

Destaques
» Linda vista panorâmica da cidade
» Lago no interior da caverna

alt

.............................................................................................................................................................
» Cerro Catedral
O Cerro Catedral está a pouco mais de 20 km de Bariloche,e é considerado o centro de esqui mais moderno do hemisfério Sul, oferecendo uma ampla e variada infra-estrutura para a prática de esportes invernais. Os distintos meios de elevação facilitam o acesso em qualquer época do ano. A oferta hoteleira e gastronômica presente em Villa Catedral permite satisfazer os gostos e as necessidades da grande quantidade de esquiadores e turistas.
É o principal centro de Sky da América Latina, com 70 quilômetros de pistas, 40 meios de elevação e 15 restaurantes de montanha, entre eles, um adaptado dentro de uma caverna.
No inverno, as pistas de esqui e snowboard estão à altura dos esportistas mais exigentes. No verão diversas atividades permitem apreciar a natureza, entre elas, escaladas, caminhadas de observação da fauna e flora.

alt

Destaques
» Infra-estrutura
» Lojas de Chocolates
» Meios de elevação

alt

.............................................................................................................................................................
» Isla Victoria e Bosque de Arrayanes
A excursão começa em Puerto pañuelo, situado a 25 quilômetros de Bariloche em frente ao Hotel Llao Llao. Meia hora de navegação e se chega ao Puerto Anchorena. Uma vez em terra, é possível subir por teleférico até o ponto panorâmico que está no Cerro Bella Vista para ter um uma excelente vista da Bahia Anchorena e de toda zona que rodeia o hotel Llao Llao e Puerto Pañuelo.
A ilha também apresenta opções como caminhada até o Puerto Gross ou uma visita a Playa del Toro, que conta também com um sítio arqueológico com pinturas rupestres. Logo ao embarcar, poucos minutos de navegação se chega ao Bosque de Arrayanes na Península de Quetrihué. Ali se observa um magnífico bosque de arrayanes que formam um bosque de cor canela, considerado único no mundo com suas características, declarado  monumento natural mundial.

Destaques
» Vista das montanhas nevadas
» Alimentar gaivotas no barco
» Puerto Anchorena
» Bosques

.............................................................................................................................................................
» Puerto Blest, Cascada los Cántaros e Lago Frías
A excursão começa em Puerto Pañuelo, ao ingressar em Brazo Blest se observa a Isla Centinela. Uma hora de navegação a embarcação atraca no Puerto Cántaros, então se realiza uma caminhada até o Lago Los Cántaros. Durante o trajeto é possível observar toda imponência da Selva valdiviana, um bosque com características particulares devido a grande quantidade de precipitações.
Ao cruzar o lado oposto está Puerto Blest, onde parte um ônibus que percorre três quilômetros até o Puerto Alegre onde parte uma embarcação que navega o Lago Frías e chega à Puerto Frías.

Destaques
» Mirador Río Frias
» Lago Frías
» Lago Los Cántaros
» Cascata de los Cántaros

.............................................................................................................................................................
» San Martin de los Andes
Partindo desde Bariloche pelas rotas nacionais 237 e 231, contornando o lago Nahuel Huapi até Villa La Angostura, entre bosques pela “rota dos sete lagos”, onde é possível admirar os lagos: Espejo, Correntoso, Escondido, Villarino, Flakner e Machónico, até chegar ao lago Lácar, onde se encontra a cidade de San Matín de Los Andes.
Entre montanhas e paisagens memoráveis, é possível visitar o complexo turístico Chapelco, as praias de Quila Quina e Catritre e o Circuito de Arrayanes. Para regressar a Bariloche basta passar pelo Lago Meliquina, Paso Córdova e contornoar o Rio Traful até alcançar o Rio Limay, onde se encontra o Vale Encantado.

Destaques
» Lago Lácar
» Lago Machónico
» Lago Hermoso
» Cascada Vullinanco
» Cerro Falkner
» Lago Falkner
» Lago Villarino
» Lago Escondido
» Lago Correntoso
» Lago Espejo
» Villa La Angostura
» Mirador del Traful

alt

.............................................................................................................................................................
» Cerro Tronador 
A Rota nacional 258 conduz em direção a Pampa Linda e mais adiante a base do Cerro Tronador, o monte mais alto da região com 3.554 metros e que faz limite com as Cordilheiras do Chile. Os três picos do Tronador são: Argentino (3.410 m.), Internacional (3.554 m.) e o Chileno (3.430 m.). Desde um mirador se obtêm uma incrível vista do Glaciar do Rio Manso até chegar ao Lago Hess, logo mais adiante finaliza o caminho de acesso por veículo e continua o recorrido a pé até o Mirador da Cascada Los Alerces.

Destaques
» Cascata de los Alerces
» Glaciar do Rio Manso
» Lago Hess

alt

.............................................................................................................................................................
» Cerro Tronador pelo lago Mascardi
A viagem começa por terra até chegar a Villa Mascardi, onde começa a navegação pelas águas verdes e cristalina do lago Mascardi até ingressar ao Tronador. Depois continua o trajeto por terra através do vale do Río Manso, até chegar à pampa Linda e longo ao mirador glacial Vestiquero Negro.
Na base do cerro, localizada em Pampa Linda, se realiza uma caminhada no bosque para visitar a pitoresca Cascada Saltillo de las Nalcas.

alt

Destaques
» Cascada Los Alerces
» Pampa Linda
» Lago Mascardi

.............................................................................................................................................................
» El Bolsón
A pequena cidade de El Bolsón está localizada na base do Cerro Piltriquitrón. Na cidade é possível visitar a feira de artesanatos que reúne grande variedade de produtos locais e as chácaras que produzem frutas e doces finos.
A 6 quilômetros da cidade se encontra o Cabeza de Indio e o Mirador del Rio Azul, que oferecem as vistas mais espetaculares do lugar.

Destaques
» Feira regional
» Cervecería El Bolsón
» Cerro Piltriquitrón
» Bosque Tallhado

.............................................................................................................................................................
» Lago Puelo
Desde El Bólson, é possível visitar o Parque Nacional Lago Puelo e a estação de trem de El Maitén, lugar de partida do “La Trochita”, um antigo trem a vapor que é uma verdadeira relíquia histórica e turística, se convertendo em um dos trens mais famosos do mundo em sua categoria.

Destaques
» Vista do Tronador
» La Trochita
» Passeio de barco

.............................................................................................................................................................
» Villa La Angostura e Cerro Bayo
Pela rota nacional 237 com direção se chega ao Rio Limay, onde é possível observar a paisagem típica patagônica.Em Villa La Angostura há diversos atrativos: o porto, a Laguna Triste e a Capela La Asunción.

Destaques
» Porto
» Laguna Triste 
» Rio com Truchas
» Cerro Bayo

.............................................................................................................................................................
» Trem histórico a vapor
O trem histórico parte da estação de trem de San Carlos de Bariloche. Transita lentamente, bem próximo da costa do Lago Nahuel Huapi, cruza a ponte do Rio Ñirihuau e para na estação do mesmo nome, onde é possível apreciar a Cordilheira dos Andes em toda sua dimensão, o contorno e a altura da Catedral, do Tronador e do Cerro Capilla se distinguem. Com o aviso de “pasajeros al tren” indica que todos devem subir ao trem para partir em direção a Estação Perito Moreno, onde, entre outras atividades, é possível realizar uma caminhada até a Laguna Los Juncos e visitar as trens antigos.

Destaques
» Lago Nahuel Huapi
» Cordilheira dos Andes
» Laguna Los Juncos
.............................................................................................................................................................
» Cruzes Internacional dos Lagos Andinos
A travessia começa bem cedo saindo de Puerto Panuelo até Puerto Blest. Logo percorre-se 3 quilômetros de ônibus até Puerto Alegre onde é feito o embarque para chegar até Puerto Frías, onde se realizara os trâmites migratórios e de alfândega argentina. Desde esse ponto continua-se em ônibus atravessando a cordilheira por um caminho de exuberante vegetação até Peulla, primeira população chilena, finalizado os trâmites migratórios e de alfândega chilena a tempo para o almoço.
Depois, navega-se pelo Lago de Todos los Santos até Petrohué, onde se visita os Saltos de Petrohué, no parque nacional Vicente Pérez Rosales, e mais tarde percorrendo o Lago Llanquihue se chega a Puerto Varas, terminando a excursão em Puerto Montt.

alt

Destaques
» Lago Frías
» Peulla
» Lago de Todos los Santos
» Saltos de Petrohué
» Puerto Montt

alt

.............................................................................................................................................................

alt

» » Distância e tempo de duração dos passeios

» Circuito Chico - Recorrido 65 km. Duração: meio dia
» Cerro Catedral - Recorrido 45 km. Duração: meio dia
» San Martin de los Andes - Recorrido 360 km. Duração: dia completo
» Cerro Tronador e Cascada Los Alerces - Recorrido 225 km. Duração: dia completo
» El Bolsón e Lago Puelo - Recorrido 300 km. Duração: dia completo
» Villa La Angostura e Cerro Bayo - Recorrido 170 km. Duração dia completo ou meio-dia
» Trem histórico a vapor - Duração: Dia completo
» Isla Victoria e Bosque de Arrayanes. Duração: dia completo
» Puerto Blest, Cascada los Cántaros e Lago Frías - Duração: dia completo
» Cruzes Internacional dos Lagos Andinos - Duração: um dia no verão, dois no inverno

 Leia também: 

El Bolsón
Isla Victoria
Parque Nacional Bosque de los Arrayanes
Puerto Blest e Lago Frias
San Martín de los Andes

 

alt

Poderá também gostar de:
Simpatias para viajar mais
Dicas de simpatias para viajar mais durante o ano. 
Belo Horizonte
A capital de Minas Gerais que possui mais de cem anos de história.
Colonia del Sacramento
Conheça Colônia do Sacramento, a cidade mais antiga do Uruguai.
O que fazer em Foz do Iguaçu
Vai visitar Foz do Iguaçu ou tem vontade de conhecer? Saiba quais são as principais atrações da cidade. 

Busca

Tradutor

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Spanish