O que fazer na Índia


A Índia é um destes países que devem ser recorridos de norte a sul, seja numa viagem em um trem de luxo ou em excursões, dormindo em hotéis cinco estrelas ou em casas de pescadores, opções para descobrir a Índia são tão numerosos quanto os seus segredos.
Surpreendente, barulhenta, bagunçada e ao mesmo tempo fascinante, sem dúvida a Índia é um país de contrastes e um dos lugares mais visitados do mundo.
Suas estonteantes paisagens, seu templos, vacas misturada ao caótico trânsito e uma cultura sem igual fascina seus visitantes. Dizem que ninguém volta igual depois de uma viagem à Índia, pois viajar pelo país é ter a oportunidade de mudar sua vida, sua forma de pensar em relação ao mundo, as pessoas e até mesmo de si mesmo.
Desde Rajastão até Kerala, passando por Mumbai, Déli, Agra, Varanasi e o Taj Mahal, a Índia é um dos países mais maravilhosos e impressionantes do planeta.
Um país extremamente religioso, por todos os lados há imagens de um dos milhares de deuses do hinduísmo, a religião mais comum. Os deuses mais populares são Brahma, Shiva e Vishnu, além de Ganesha (aquele que possui muitos braços e uma cabeça de elefante) e o Krishna (que anda tocando uma flauta).
A pobreza está por todos os lados e a sujeira costuma ser um problema para os viajantes.
Na Índia é tudo muito barato, mas é preciso negociar. A pechincha faz parte do comércio, uma dica é nunca pagar mais que e a metade do valor oferecido inicialmente, principalmente em roupas ou artesanatos.
A Índia possui 26 monumentos, parques nacionais e Patrimônios Mundial pela Unesco. A capital Nova Déli une a milenar cultura indiana com o que há de mais moderno no mundo. Nas ruas da capital, as vacas contrastam com os edifícios recém-construídos. A cidade é a sede governamental e administrativa.
A antiga Bombaim, hoje Mumbai, é a maior e mais importante cidade da Índia. Uma cidade cosmopolita, moderna, que se estende ao longo de uma bela baía. Mumbai é simbolizado pela presença de Bollywood, a indústria cinematográfica hindi equivalente de Hollywood.
Amristar está situada a 450 km Déli, a cidade é o centro espiritual dos sikhs, religião que une elementos hindus e do islã. Destaque para o seu Templo Dourado, que possui cúpulas de ouro que refletem em um lago.
Agra que está a 640 km ao sul de Amristar, na fronteira com o Paquistão, abriga o cartão-postal da Índia, o Taj Mahal, o mausoléu que referencia o amor. O monumento construído em entre 1630 e 1652 para homenagear a segunda esposa do imperador Shah Jahan, é Patrimônio da Humanidade pela Unesco e uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.
Já no estado de Madhya Pradesh a 400 km de Agra está o conjunto de templos Khajuraho, construído entre o século 10 e 11 e tombado com Patrimônio da Humanidade pela Unesco. O diferencial deste templo é que ele é o único templo do mundo cujas paredes estão decoradas com posições do Kama Sutra.
Não é atoa que a Índia é o maior teatro ao ar livre do mundo, e talvez nenhum outro país o viajante possa desfrutar de tamanha diversidade e espetáculos de ruas, um choque cultural imperdível.
O Rajastão, no noroeste da Índia é o estado mais interessante e que concentra um grande número de patrimônios arquitetônicos, castelos, palácios e fortalezas. Jaipur, capital do Estado do Rajastão, conhecida como a cidade rosa (na verdade, um ‘salmão’) é caótica, mas encantadora, seja por conta dos seus bazares antigos, do Palácio dos marajás, pelo Forte Amber nos arredores da cidade ou pela oportunidade de das uma voltinha sobre um elefante asiático. Já Udaipur é conhecida como a "cidade dos lagos", ou ainda como a "Veneza do Oriente". É cidade mais rica da Índia e considerada a mais romântica, repleta de fortalezas, palácios, templos, montanhas e jardins. Em pleno deserto de Thar, a cidade toda branca, fica às margens do lago Pichola, onde há belíssimos palácios, quase todos transformados em hotéis.
Jodhpur é um espetáculo, uma obra-prima arquitetônica que abriga palácios suntuosos, bazares coloridos e as areias do deserto de Thar. A cidade azul é realmente azul, há moradores que defendem a tradição como sendo um artifício usado para afastar mosquitos, enquanto outros dizem que o azul ajuda a refrescar o intenso calor indiano.
A cidade de Varanasi é uma das mais sagradas e místicas do país. O seu nome significa Porta do Céu. A cidade abriga o Rio Ganges, o mais sagrado da Índia. O Rio Ganges, é sem dúvida a principal atração da cidade, mas em suas margens há de tudo um pouco: fiéis fazendo orações e entregando oferendas, sadhus – homens santos – meditando ao lado de turistas, pessoas praticando ioga, além de muito esgoto, sujeira, mulheres lavando roupas e corpos sendo cremados. Todos os dias milhares de peregrinos vão se purificar nas águas santas do Ganges.
Jaisalmer fica bem próxima da fronteira com o Paquistão, é uma das mais belas cidades da Índia, foi fundada no século XII e cercada por uma imensa muralha, por isso tem um ar medieval. A cidade parece um labirinto, sua arquitetura de pedra amarelada e fachadas esculpidas chamam a atenção dos visitantes.
No Himachal Pradesh, Estado do Himalaia, ao norte de Déli, estão às montanhas de Dharamsala, onde vive o Dalai Lama, o líder tibetano exilado. A região tem paisagens inesquecíveis como, por exemplos, cordilheira coberta de neve contrastando com o verde dos vales e os campos floridos de Kulu.
As Ilhas Andaman e Nicobar são um dos lugares mais bonitos da Índia, localizado na Baía de Bengala, famosas por suas praias de mar azul, recifes de corais coloridos, ideal para mergulho. Além disso, as Ilhas Andaman e Nicobar são um dos poucos lugares do planeta onde a população indígena vive totalmente fora da influência da civilização moderna.
A região montanhosa no norte da Índia possui paisagens deslumbrantes, principalmente nos arredores de Pangong Tso lago em Ladakh. O local é famoso para pratica de trekking e muito procurado por ciclistas.
O estado de Kerala no sul da Índia possui praias de areia branca, lagos e lagoas, florestas tropicais e muitas religiões, por isso é possível encontrar templos hindus, mesquitas, igrejas, e até mesmo sinagogas.
Goa está localizado na costa ocidental da Índia ao longo do Mar da Arábia, famosa por suas belas praias e festas populares. Kolkata, antigamente conhecida como Calcutá, é o centro de negócios, financeiro e comercial do leste da Índia.
Uttarakhand está situada no sopé do Himalaia, faz fronteira com a China a nordeste e o Nepal a sudeste, possui paisagens pitorescas, vida selvagem, montanhas e florestas.
A Índia é um dos destinos mais interessantes da Ásia, seja alugando um barco e navegando através no Mar Arábico, no Mar de Bengala ou no Oceano Índico ou até mesmo explorando o Himalaia. Conhecer a Índia exige tempo, afinal, o território é grande e cada região é muito diferente da outra. Mas tenha sempre em mente que a Índia precisa ser descoberta e principalmente compreendida.
 
Poderá também gostar de:
O que fazer em Bangladesh
Conheça Bangladesh, um país com mais de 2500 anos de cultura.
Indonésia
Indonésia
Desert Safari Dubai
Desfrute de uma aventura no deserto numa típica noite beduína.
Arredores de Kuala Lumpur
sasws 

Busca

Tradutor

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Spanish