Islândia


Islândia, a terra do fogo e do gelo
 
 
A Islândia é um país insular localizado no noroeste da Europa, bem próximo da Groelândia, na ponta do Círculo Ártico. Boa parte do seu território é despovoado e coberto de gelo, gêiseres, lava solidificada, desertos de areia preta e vastas paisagens de gelo branco. A maioria de seus habitantes vivem em sua capital, Reykjavik.  
Islândia (Terra do Gelo), na verdade tem um nome enganoso, uma vez que 89% do seu território não tem gelo, mas abriga paisagens que estão entre as mais incríveis do planeta. Tem esse nome, pois for batizada pelos vikings que a chamavam de terra do fogo e do gelo, por conta da quantidade de gelo e a lava em seu território.


Este país gelado fica em cima de duas placas tectônicas, por isso, sofre várias erupções vulcânicas, sem contar que está sendo separado gradualmente (dois centímetros por ano). Além de contemplar vulcões, glaciares é possível apreciar espetáculos naturais como a aurora boreal, o sol da meia-noite, admirar os famosos gêiseres em erupção e observar baleias. Para quem quer relaxar, o Spa Termal Blue Lagoon (Lagoa Azul), que fica em Grindavík é uma ótima opção.


Com áreas remotas e protegidas a Islândia oferece muita coisa para ver e fazer. O país é extremamente deserto, as cidades e vilarejos fica há horas de distância umas das outras. É o tipo de destino que é extremamente recomendado viajar na alta temporada, pois a maioria das atrações só fica aberta em períodos curtos do ano (entre junho a agosto) e alguns passeios só podem ser visitados disponíveis ou acessíveis por algumas semanas do verão (Maio a Agosto).
O país oferece diversas atrações que vão desde contemplar os parques nacionais e fazer caminhadas pelos vulcões até relaxar em lindos lagos e águas geotermais que tem características medicinais.  E como não poderia deixar de ser, contemplar e se divertir com gelo, muito gelo.
 
.............................................................................................................................................................
O que ver na Islândia
 
Geysir- Área de Gêiseres
A apenas uma hora de Reykjavik encontra-se uma encosta com poços borbulhantes e jatos de água quente. O lugar deu nome a todos os gêiseres do mundo. Em islandês, a palavra “geysa” significa “jorrar”.

............................................................................................................................................................. 
Blue Lagoon (Lagoa Azul)
Uma das mais populares atrações da Islândia, o Spa termal Blue Lagoon (Lagoa Azul), que fica em Grindavík possui seis milhões de litros de águas em uma temperatura que varia entre 37 e 39ºC. O lago fica ao redor de paisagens espetaculares de formações de lava, além disso, seus arredores abriga uma cachoeira que faz massagem natural nos visitantes.

............................................................................................................................................................. 
Parque Nacional de Þingvellir
O Parque Nacional de Þingvellir é Patrimônio Mundial da Unesco por sua importância histórica. Este largo vale de falha geológica onde as placas tectônicas europeias e americanas estão visivelmente se separando. Além disso, o parque era o local do Alþingi, o parlamento islandês. No parque é possível fazer o mergulho para ver a Dorsal Mesatlântica debaixo d’água.

............................................................................................................................................................. 
Dorsal Mesatlântica
A Dorsal Mesatlântica é uma cordilheira submarina que marca a separação entre as placas tectônicas da Eurásia e da América do Norte e corta a Islândia ao meio.No Parque Nacional de Þingvellir é possível fazer o mergulho ou snorkel para vê-la debaixo d’água .

............................................................................................................................................................. 
Gullfoss
As cachoeiras Gullfoss são enormes e potentes, as cascatas de dois níveis no Rio Hvitá é símbolo nacional e a maior cachoeira da Islândia, em volume de água, além de ser uma das grandes atrações do Círculo Dourado.

............................................................................................................................................................. 
Landmannalaugar
Este paraíso do interior da Islândia permite fazer tour por diversos vulcões, fontes termais, praias de areia negra, montanhas coloridas e muito mais. Abriga as mais incríveis paisagens vulcânicas de Islândia. O vulcão Hekla é o mais ativo da ilha.

............................................................................................................................................................. 
Colônias de Látrabjarg
Extremamente remota Látrabjarg no noroeste da Islândia abriga uma das maiores colônias de aves marinhas da Europa, lar de milhões de gaivotas e papagaios-do-mar.

............................................................................................................................................................. 
Parque Nacional de Snæfellsjökull
A longa península ao sudeste da Islândia em forma de tromba tem ponto culminante no cone nevado de Snæfellsjökull, o vulcão adormecido cortado por trilhas para caminhada. Este vulcão é o do livro “Viagem ao Centro da Terra”, de Júlio Verne, citado como portal de entrada para uma expedição científica ao núcleo do planeta.

............................................................................................................................................................. 
Geleira Snæfellsjökull
A geleira Snæfellsjökull fica no alto de um vulcão de 1.446 metros de altura que entrou em erupção pela última vez por volta do ano 250. A escalada na geleira Sólheimajökull é uma das atrações mais procuradas pelos aventureiros.

............................................................................................................................................................. 
Parque Nacional de Vatnajökull
O Parque Nacional abriga a maior geleira da Islândia, o Vatnajökull, é a maior geleira do mundo fora das regiões árticas e também a maior geleira da Europa (em volume), que cobre 8% da Islândia. A geleira Vatnajökull chega a ter 1.000m de espessura e em algumas áreas cobre 8.100 km², contém mais gelos que todas as geleiras da Europa juntas. Essa impressionante reserva proteja não só a calota de gelo central do vulcão Vatnajökull (Jokull significa vulcão em Islandês), suas geleiras, mas também rios, gargantas e montanhas.

............................................................................................................................................................. 
Jökulsárlón
O lago glacial Jokulsarlon é uma das principais atrações do parque Vatnajökull. O maior lago glacial da Islândia possui vários icebergs, isso devido às variações da temperatura da água do mar, da diferença da densidade da água salgada e a água que derrete da geleira. A geleira vai aos poucos soltando Icebergs que criam uma paisagem surreal com gelo azul e focas. A melhor maneira de ver os Icebergs é de dentro do lago, barcos anfíbios navegam por entre os icebergs e passa bem pertinho da geleira, enquanto um guia conta curiosidades do lago e geleira.

............................................................................................................................................................. 
Parque Nacional Skaftafell 
Localizado entre a aldeia de Kirkjubaejarklaustur e Höfnno no sopé da enorme Vatnajökull. É o segundo maior Parque Nacional da Islândia e um dos lugares mais visitados do país. Desde 2008, tornou-se parte do Parque Nacional Vatnajökull.

............................................................................................................................................................. 
Svartifoss
Localizado dentro do Parque Nacional de Skaftafell encontra-se a Svartifoss a cachoeira negra de 25m de altura que é alimentada pelo degelo de Svinafellsjokull, o estreito curso de águas glaciais que se precipita sobre um largo e impressionante penhasco de colunas hexagonais de basalto que parecem tubos de um órgão musical.

............................................................................................................................................................. 
Grímsvötn
O vulcão Grímsvötn se situa abaixo do lençol de gelo, e seu calor o derrete formando um lago azul com 3,2 km de largura. É o vulcão mais ativo da Islândia, embora apresente pouca atividade, quando o vulcão desperta seu calor extremo vaporiza o gelo e causa destruição.

............................................................................................................................................................. 
Região do Lago Mývatn
O lago Mývatn concentra o melhor da Islândia em um só lugar: vulcões, tanques de lamas, poços termais, lavas fumegantes e patos selvagens.  O lago é o maior santuário de aves da Europa, onde diferentes espécies se reproduzem em meio à exuberante paisagem que mistura vegetação e formações de lava.

............................................................................................................................................................. 
Hverarönd
Localizado no nordeste da Islândia, Hverarönd é famoso por suas poças de lama borbulhantes. Sua grande área geotérmica abriga piscinas de lama borbulhante e água quente, fumarolas e fontes termais, as cores misteriosas criadas por essas saídas naturais são simplesmente surreais. No subsolo, a mil metros de profundidade, a temperatura chega aos 200 graus Celsius e na superfície alguns locais podem alcançar os 80 a 100 graus.

............................................................................................................................................................. 
Observação de animais
Islândia é um destino também para os amantes de animais. Ao visitar os parques nacionais disponíveis é possível ver e descobrir espécies de animais raros que não podem ser encontrados em outras partes do mundo, exceto na Islândia e no Pólo Norte.

............................................................................................................................................................. 
Cratera Hverfjall
Com 1,6km de largura, o cone de cinzas da cratera Hverfjall se eleva a 200m. Ao seu redor vestígios de erupções, fumarolas e lagos de lama borbulhante.

............................................................................................................................................................. 
Heimaey
Heimaey é a maior ilha da Islândia depois da ilha principal, conhecida por sua erupção vulcânica em 1973 que destruiu metade da cidade e ameaçou fechar seu porto, a sua principal fonte de renda. Heimaey foi apelidada de "Pompéia do Norte" já que algumas casas cobertas de cinzas foram parcialmente escavadas e trabalhos estão sendo feitos para descobrir mais. A erupção do Eldfell fez com que o fluxo de lava aumentasse o território da ilha em cerca de por cento. Hoje vulcão Eldfell é uma das atrações e possui uma rede de trilhas onde é possível contemplar fissuras fumegantes e depósitos minerais de cores brilhantes.

............................................................................................................................................................. 
Aurora boreal
A aurora boreal é um fenômeno característico de luz polar, que pode ser vista na Islândia, mas também em outras partes do mundo. O fenômeno pode ser visto durante a noite ou no final da tarde, as luzes coloridas e brilhantes, geralmente avermelhadas e esverdeadas, isto ocorre em função do contato dos ventos solares com o campo magnético do planeta Terra. Na Islândia, a aurora boreal é visível de setembro a abril, mas somente pode ser observada em uma noite de céu claro. Em Reykjavík é possível admirar a Aurora Boreal sem passar muito frio, já que a Islândia tem a temperatura média mais alta entre os países nórdicos no inverno e em Reykjavík fica entre -5°C e 5°C.

............................................................................................................................................................. 
Cachoeira Skógafoss
Umas das mais belas quedas d’água do mundo, a cachoeira Skógafoss é também uma das maiores quedas de água da Islândia. Situada na antiga linha costeira da parte sul da ilha, a cerca de 5 km de distância de Skógar. Possui uma altura de 60 m e uma largura de 25 m, e transporta a água do rio Skógaá proveniente dos glaciares Eyjafjallajökull e Mýrdalsjökull.

............................................................................................................................................................. 
Dettifoss
A cachoeira Dettifoss fica no Parque Nacional de Vatnajokull no nordeste da Islândia. É a queda d’água com o maior volume da Europa, possui 44m de altura e 100m de largura.

............................................................................................................................................................. 
Seljalandsfoss
Esta cachoeira do rio Seljalandsá tem uma queda livre de 60 metros sobre uma falésia e sua parte de baixo é oca, sendo possível atravessar por trás dela. Tanto a queda d’água como “sua passagem secreta” é cercada de historias e lendas de fadas, duendes e trolls.

............................................................................................................................................................. 
Cachoeira Hengifoss
A Cachoeira Hengifoss tem 118m de altura e é uma das mais altas da Islândia. Atrás de suas quedas encontram-se camadas de basalto com listras vermelhas horizontais. Para ter uma visão mais próxima das quedas, é necessário caminhar 2,5 km através de uma trilha.

............................................................................................................................................................. 
Cachoeira Dynjandi
Dynjandi também conhecido como Fjallfoss é um conjunto de cachoeiras localizadas em Westfjords (Vestfirðir).

............................................................................................................................................................. 
Surtsey
A ilha vulcânica Surtsey é Patrimônio Natural da Humanidade da Unesco. Surtsey nasceu em 1963, depois de uma erupção vulcânica e virou o ponto mais ao sul do país e é a única ilha vulcânica do mundo a ser cuidadosamente estudada desde seu primeiro dia. Ninguém pode pisar em Surtsey, exceto um grupo de cientistas.

 ............................................................................................................................................................. 
Hornstrandir
Esse penhasco marinho na costa norte de Hornstrandir, a leste da baía Hornvík, é o ponto mais espetacular de todo o litoral da Islândia. Situado na península mais setentrional da Islândia, tal como o resto da região de Westfjords, a península é uma placa de basalto antiga com aproximadamente 500m de altura. Uma das suas formações rochosas mais bonitas e visitadas é a de Hornbjarg.

............................................................................................................................................................. 
Península Dyrhólaey
A pequena península Dyrhólaey, o fotogênico trecho de pedra que avança sobre o mar localizado na costa sul da Islândia, não muito longe da aldeia Vik. Antigamente, era uma ilha de origem vulcânica. No Verão, muitos papagaios fazem seus ninhos nas falésias de península Dyrhólaey.

............................................................................................................................................................. 
Akureyri
Akureyri é uma cidade ao norte da Islândia, a poucos quilômetros do Polo Norte em meio a montanhas. Situada no topo de um grande fiorde, o Eyjafjörður, Akureyri também é a base ideal para desbravar as maravilhas naturais da Islândia.

.............................................................................................................................................................
Caminhar sobre a falha geológica que divide a Europa e a América do Norte
A ponte entre os dois continentes construída numa fissura, na junção entre as placas tectónicas da América e da Europa. Esta fissura é muito mais notável na zona do parque de Þingvellir. É um dos poucos locais em que é possível observar a deriva dos continentes. Muitos visitantes são atraídos até a ponte para ter a oportunidade de caminhar entre a Europa e a América.

............................................................................................................................................................. 
Golden Circle
O Circulo dourado é uma rota turística no Sul da Islândia, com cerca de 300 km, que começa e termina em Reykjavík, seja de carro alugado ou de ônibus turístico, em apenas um dia é possível contemplar algumas das atrações naturais mais fenomenais do planeta.

............................................................................................................................................................. 
Viking Village de Fjörukráin
A Viking Village de Fjörukráin fica a 10 minutos de Reykjavik, onde é possível participar de uma festa estilo viking. O salão de jantar é modelado como uma antiga igreja norueguesa, com cabeças de dragões no teto, escudos e tapeçarias. O jantar com atores vestidos de viking e de valquírias é uma atração à parte.

............................................................................................................................................................. 
Tour para observar baleias
Entre abril a outubro é possível fazer um tour para observar baleias e golfinhos brancos.

............................................................................................................................................................. 
Vik
A pequena e simpática cidade Vík í Mýrdal, mais conhecida como Vik, no sul da Islândia abriga praias de areia negra, características típicas de ilhas vulcânicas, por ser tratar de restos de lava vulcânica. No fundo da baia de Vik estão os três penedos Reynisdrangar, que segundo a lenda local, são três trolls que viraram pedra ao olharem para o sol, mas que na verdade são três colunas de basalto que endureceram durante uma explosão de lava.

............................................................................................................................................................. 
Cavalos Islandeses
Originalmente trazidos pelos Vikings Noruegueses, os cavalos islandeses são uma grande atração do país. Tem a aparência de um pony gigante, com músculos voluptuosos, tronco grande e pernas curtas. Na Islândia há leis que proíbem a importação de cavalos de outros países, para se preservar a sua raça pura.

............................................................................................................................................................. 
Mýrdalsjökull
É a segunda maior geleira da Islândia depois de Vatnajokull. Mýrdalsjökull, literalmente a calota de gelo no vale do pântano, abriga o vulcão Katla, o maior e mais potente do país bem no meio de sua geleira. O vulcão Katla entra em erupção a cada 70 ou 80 anos, como a última ocorreu em 1918, os cientistas estão monitorando o vulcão cuidadosamente.

............................................................................................................................................................. 
Eyjafjallajökull
Um dos glaciares de menores dimensões da Islândia é uma das montanhas mais escaladas no país, onde é possível em apenas um dia chegar ao topo da montanha para ver a caldeira ativa do vulcão. O trajeto de dia e volta dura em média 16 horas.

............................................................................................................................................................. 
Reykjavik
Reykjavík é a capital da Islândia e, também a capital mais setentrional do mundo. Durante o inverno, os dias duram quatro horas e no verão as noites não existem. A grande maioria das construções é composta por casinhas de madeira nas mais variadas cores. Reykjavik é uma ótima base para usar como bate-e-volta pelo país.

............................................................................................................................................................. 
Hallgrímskirkja - Igreja luterana de Reykjavík
A igreja Luterana Hallgrímskirkja, construída em 1937, só foi concluída em 1986, em estilo impressionista, sua arquitetura imita os picos de lava de basalto da Islândia. É a igreja mais alta da Islândia, com 74,5 metros.  Seu campanário oferece vistas esplêndidas da cidade.

............................................................................................................................................................. 
Sol da Meia-noite / Solstício de verão 
O Sol da Meia-noite é um fenômeno natural que ocorre nos meses de verão ao norte do Círculo Ártico e ao sul do Círculo Antártico onde o sol nunca se põe. O fenômeno ocorre nos meses de verão, onde o sol permanece visível à meia-noite l. Com tempo bom, o sol é visível durante 24 horas. Na Islândia, o único lugar que atende a esse requisito é a ilha de Grimsey, mas na prática, e refração, o sol da meia-noite é vista em maior ou menor grau, em todo o país.

.............................................................................................................................................................

Poderá também gostar de:
Rússia
Rússia 
Pocitelj
Conheça essa bela cidade medieval que é Patrimônio da Humanidade pela Unesco.
Santorini, Grécia
Conheça um paraíso chamado Santorini.
Kiev
Descubra a bela cidade de Kiev, a joia escondida do Leste Europeu.

Busca

Tradutor

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Spanish